Carne

Coelho à caçador

Esta receita tem as suas raízes na tradição da caça ao coelho bravo. A facilidade de reprodução deste animal e o elevado número que podem atingir foram os grandes impulsionadores para que os homens os caçassem, a fim de protegerem as colheitas. As peles do coelho poderiam ser comercializadas ou usadas para fazer brincadeiras com as crianças das aldeias.

A carne do coelho bravo, com o seu sabor característico, rapidamente se tornou na base de diversos pratos tradicionais, havendo verdadeiros comensais em volta da mesa para saborear o fruto de uma caçada bem sucedida.

Ingredientes:

(para 4 pessoas)
  • 1 coelho
  • 1 folha de louro
  • 1 raminho de salsa
  • 2 cebolas
  • 2 colheres (sopa)de vinagre
  • 2 tomates
  • 200 g de toucinho entremeado
  • 3 dentes de alho
  • 50 g de azeite
  • sal e pimenta q.b.
  • vinho tinto q.b.

Confeção:

De véspera, arranje o coelho e recolha o sangue para um recipiente com vinagre. Mexa e reserve.

Corte o coelho aos pedaços. Tempere a carne com alho, pimenta e louro e regue com vinho tinto, deixando a marinar para o dia seguinte.

Antes de servir, adicione o sangue que tinha reservado.Faça um refogado com o azeite, a cebola, cortada em rodelas finas, o toucinho e o tomate. Junte depois a carne da marinada, deixando cozinhar em lume brando (se for necessário, acrescente um pouco de vinho, nunca água).

Leve ao lume para uma fervura rápida e sirva com batatas cozidas, decorado com uns pezinhos de salsa.


Tags